Receita | Salada de Cous-cous e Tomate Seco

Receita | Salada de Cous-cous e Tomate Seco

IMAG2396.jpg

 

Cada vez menos comedora de bichos, o meu objectivo é sempre tentar fazer comida que combine com esta definição e que renda! Sim, se eu puder comer ao almoço o jantar do dia anterior, isso significa que consegui evitar uma estadia na cozinha e a “chateação” de andar a pensar:

O que é que eu vou cozinhar?

 

Num momento iluminado, fui à despensa buscar o tomate seco que comprei com ideias de fazer alguma coisa extremamente decadente, cheia de hidratos de carbono e queijo (ir a Itália não me fez bem) mas, como isso ia durar pouco, optei por fazer algo menos pecaminoso.

Para combinar com este tempo louco, fiz uma salada de cous-cous e tomate seco que poder ser servida quente ou fria.

 

Ingredientes:

  •  1 caneca de cous-cous.
  • 100g de tomate seco picado ligeiramente..
  • 1 punhado de cajus picados ligeiramente.
  • 1 frasco de grão.
  • 1 punhado de passas.

 

Temperei com sal, pimenta e sumo de limão.

Experimentem e digam se gostaram ou não ❤

 

 

A*

Receita | Panquecas salgadas de milho.

Receita | Panquecas salgadas de milho.

Depois de muitos anos a tentar descobrir a receita dos croquetes de milho que eram servidos no refeitório da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e de falhar redondamente a cada tentativa de reproduzi-los, optei por fazer um snack salgado que não fosse frito mas que me lembrasse dos saudosos croquetes!

Não tem sido nada fácil comer bem porque, além de estar sempre cheia de fome, não sei o que se apoderou de mim que só me apetece comer porcarias! 😦 Mas, como eu sou mais forte que estes apetites do mal, trago-vos hoje uma receita super simples de panquecas de milho.

Ingredientes:

  • 1 lata de milho
  • 1/4 de caneca, mais duas colheres de sopa de farinha de arroz
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 ovo
  • sal e pimenta a gosto

 

Misturar todos os ingredientes num recipiente e ir colocando, em colheradas, o preparado numa frigideira untada cm um óleo à vossa escolha.

Deixar cozinhar até ganhar uma cor dourada/acastanhada de ambos os lados.

Serve 6 panquecas.

Mais fácil que isto não há!

Como foi a primeira vez que fiz esta receita, quis mantê-la simples mas podem temperar com ervas ou especiarias à vossa escolha!

IMAG0572.jpg
Panquecas de Milho com salada de rúcula e canónigos, acompanhada de sopa de abóbora!

 

Espero que gostem!

 

A*

Receita | Muffins de ovo e arroz com vegetais

Receita | Muffins de ovo e arroz com vegetais

Aqui em casa somos especialistas em deixar restos de arroz e outros acompanhamentos.

Normalmente,  congelo tudo de forma a poder reutilizar e evitar ao máximo o desperdício de comida. Além disso, ao usar as sobras, sempre puxo pela criatividade culinária :p.

Aliando o facto de aproveitar os restos e ter de fazer o almoço num ápice porque o César não tolera grandes demoras, eis que hoje decidi fazer estes deliciosos muffins de ovo!

Ingredientes
(serve aproximadamente 4 muffins)

– 4 ovos medios
– 3 colheres de sopa de arroz (o meu tinha pimento, cebola e brócolos picados)
– Queijo ralado a gosto
– Sal e pimenta a gosto.

Preparação

Bater os ovos,  juntar o arroz e os temperos.  Colocar o preparado numa forma de muffins e cobrir o topo de cada um com queijo ralado.

Levar ao forno a 180° por cerca de 15 a 20 minutos,  ou até cozinhar na totalidade.

image

Podem também usar restos de frango,  atum ou vegetais. Fica a vosso critério!

Experimentem e digam o que acham.

A*

Receita | Rolo de Carne Vegetariano

Receita | Rolo de Carne Vegetariano

Por aqui continuamos a puxar pela cachimónia para saciar este apetite de leão do 3º trimestre sem comprometer o meu afastamento do carne.

Como tenho sempre imensas lentilhas na despensa, não foi muito difícil dar-lhes uso, já que gostamos muito delas <3.

Depois de já as ter usado em imensas receitas, chegou o dia do rolo de “carne”. Não quis fazer o tradicional recheado de queijo e fiambre porque acabaria por perder o seu propósito, além do que o fiambre também não é coisa que se coma por aqui.

Em vez disso, o alho francês e o pimento vermelho foram as estrelas ❤

Vamos então à receita:

 

Ingredientes:

  •  1 frasco de lentilhas
  • 1 cebola picada
  • 1 caneca de flocos de aveia (usei os mais finos)
  • 1 ovo (amigos vegan, podem substituir o ovo por linhaça*)
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 colher de café de chilli powder (opcional)
  • 1 colher de café de cominhos
  • 1 colher de café de manjericão seco
  • 1 pimento vermelho
  • 1 alho francês
  • sal e pimenta a gosto

 

Preparação:

Comecei por refogar a cebola, o alho francês e o pimento num pouco de azeite. Enquanto a mistura cozinhava, triturei as lentilhas grosseiramente e juntei-lhe todos os outros ingredientes.

Após tudo bem envolvido, adicionar o preparado do alho francês, cebola e pimento.

Pincelar um pirex (ou uma forma rectangular) com azeite e formar o rolo no mesmo.

Levar ao forno a 180º por 30-45 minutos até ficar fico, firme e ligeiramente acastanhado por cima.

Deixar arrefecer durante 10 minutos, cortar e servir.

 

Acompanhei o meu com um tabbouleh de super mercado, mas podem acompanhar com o que quiserem ❤

 

IMG_20160726_163613.jpg

 

*Por cada ovo, hidratar 1 colher de sopa de linhaça em 3 colheres de sopa de água durante 10 minutos. A consistência fica idêntica à clara do ovo.

 

Experimentem e digam o que acharam!

 

A*

Receita | Lasanha de Lentilhas e Cogumelos

Receita | Lasanha de Lentilhas e Cogumelos

Adoro lasanha!

Carne, atum, vegetariana, caseira, congelada….TUDO! 

Chegada ao 3º trimestre da gravidez, o meu apetite tem aumentado consideravelmente, por isso, tento na boquinha porque caso contrário, vai dar boom.

Como já referi aqui, o que me safa é que eu também gosto de comida saudável e, acreditem ou não, como-a com o mesmo gosto e satisfação. Porque eu gosto é de comer !

eggplant.JPG

Aproveitando a linda beringela que tinha em casa, decidi fazer uma lasanha de lentilhas e cogumelos com placas de beringela

Ingredientes:

  • 1 beringela
  • Queijo mozzarella ralado
  • 1 frasco de lentilhas
  • 1 lata de cogumelos (podem usar frescos, claro)
  • 2 tomates
  • Polpa de tomate
  • 1 cebola médica picada
  • 1 alho picado
  • Manjericão seco
  • Estragão seco

 

Preparação:

Cortar a beringela em fatias, ou em rodelas e passá-las numa frigideiras (sem gordura) até ficarem com a aparência da foto acima. Bastam apenas cerca de 2 minutos de cada lado. Reservar.

Molho:

Picar a cebola e o alho e refogá-los em azeite. Temperar com sal e pimenta a gosto e juntar os tomates cortados aos cubos, os cogumelos e as lentilhas.

Depois de refogar um pouco, juntar a polpa, o manjericão e o estragão e deixar apurar em lume baixo por 10/15 minutos.

Num pirex untado com azeite, basta dispor uma camada de fatias de beringela, uma de lentilhas e um pouco de queijo mozzarella por cima e repetir até terminar.

Levar ao forno por 180/200º graus até tostar por cima (eu prefiro assim, pessoalmente).

Nota: Apesar de, normalmente, não se usar estragão no molho da lasanha, decidi usá-lo porque gosto muito do seu aroma intenso e, quase, quente. Dá um toque diferente e bem reconfortante!

img_20160621_201328

Aqui fica o resultado final ❤

Espero que gostem!

 

A*

Receita | Quiche de Alho Francês com base de Grão-de-bico

Receita | Quiche de Alho Francês com base de Grão-de-bico

Partilho convosco hoje uma alternativa mais saudável e igualmente saborosa à quiche tradicional.

Sabendo que as bases deste tipo de pratos são compostas por muita farinha e muita gordura, resolvi procurar um outro tipo de base que me permitisse comer esta tarte salgada ,que tanto aprecio, sem  comprometer muito o meu regime alimentar!

 

Eis que descubro a base de grão-de-bico.

E eu que adoooooro grão! *Nãoseicomoéqueaindanãometransformeinumgrão*

Vamos lá então!

Ingredientes para Base:

  • 1 frasco de grão já cozido
  • Sal
  • Pimenta
  • Cominhos

Preparação:

Juntar todos os ingredientes e triturar o grão até forma uma pasta.

IMG_20160603_202850.jpg

Moldá-la numa tarteira (eu usei um pirex) e levá-la ao forno a aprox. 200ºC durante 15/20 minutos ou até estar bem seca.

Enquanto a base está no forno, vamos preparando o recheio.

Ingredientes recheio:

  • 3 ovos
  • 1/2 caneca de queijo quark ou queijo fresco batido magro
  • Queijo Mozzarella ralado
  • Preparado de 1 algo francês, 1 pimento vermelho e cogumelos refogados e temperados

(Sei que há quem opte por colocar os vegetais crus mas eu prefiro cozinhá-los primeiro para obter mais sabor)

Deixar o refogado arrefecer um pouco e juntar aos ovos, quark e mozzarella.

IMG_20160603_203608

 

Depois, é so juntar o recheio à base de grão e colocar a cozinhar no forno, durante 30/40 minutos a 200/210ºC aprox. Vão acompanhando e retirem assim que estiver dourada, já que o tempo de cozedura depende de forno para forno.

Eu prefiro deixá-la ficar bem passadinha!

IMG_20160603_212809.jpg

Para além da susbtituição da típica massa para base, excluí as natas da receita e optei pelo queijo quark que, não só, é bem mais saudável, como é extremamente proteico!

Se nunca fizeram, experimentem e digam o que acharam!

 

A*

Meal Prep Sessions – 4ª semana de Fevereiro

Meal Prep Sessions – 4ª semana de Fevereiro

cook-366875_960_720

Esta semana o meu menu vai cumprir aquilo que me apetece comer e que me sabe bem a qualquer hora:

Salada!

(Olhem se me apetecesse comer hamburgers??)

Posto isto, fiz apenas 3 pratos que podem ser guardados e, de resto, o trabalho consistiu todo na preparação dos ingredientes para, quando necessário, ser mais fácil compor as saladas.

O menu planeado para a semana é:

  • Hamburgers de feijão vermelho, aveia e coentros.
  •  Salada de manga, espinafres, pimento e lentilhas.
  • Tabbouleh de quinoa (receita aqui no blog).
  • Salada de grão, atum, espinafre, tomate e cebola.
  • Sopa de grão e espinafres.

img_20160221_122258.jpg

Nota: Os ingredientes do tabbouleh estão separados porque o Mr. não gosta de quinoa, então, o tabbouleh dele é com cous-cous.

Fiz também hummus (digo aqui como faço), só porque nunca é demais ^^

Sim, foquei-me nos espinafres esta semana. Devia comer mais, mas como tenho falhado que nem notas de 1000, toca a redimir-me!

Espero que gostem e, já sabem, perguntas, dúvidas, sugestões ou receitas é só deixar aqui nos comentários! ❤

 

 

A*

Meal Prep Sessions – 3ª Semana de Fevereiro

Meal Prep Sessions – 3ª Semana de Fevereiro

cook-366875_960_720

Este fim-de-semana reservou-me menos tempo livre para, calmamente, cumprir com o meu objetivo de todos os domingos: Meal Prep!

Mas o próprio conceito de meal prepping serve para organizar-me mais e gerir melhor o meu tempo, por isso, o desafio desta semana era não deixar os meus planos para trás nem abdicar do meu conforto de chegar a casa e ter comida feita toda a semana!

Entãaaaaaao…

Como domingo estava preenchidíssimo e a tarde de sábado também, fiz todos estes pratos no sábado de manhã (Ajuda muito virem trazer as compras a casa de manhã cedo, confesso!)

Depois de muito pensar num menu durante a semana, decidi tudo à última da hora.

Coisas à Andreia !

IMG_20160213_134909

Esta semana, como menu, temos:

  • Sopa de tomate, pimento e courgette assados.
  • Bacalhau refogado com grão.
  • Caril de Lentilhas.
  • Salada de tomate, pepino cebola e atum.
  • Penne com molho de tomate. (No caso de me apetecer comer algo mais decadente #coisasdegrávida)

 

Já sabem, se quiserem alguma receita ou fazer alguma sugestão, é só deixar nos comentários! ❤

 

A*

 

 

Meal Prep Sessions -Menu 2ª semana de Fevereiro

Meal Prep Sessions -Menu 2ª semana de Fevereiro

 

cook-366875_960_720

Ando há meses a tentar pôr a preguiça de lado e voltar a um hábito extremamente saudável e, principalmente, crucial para quem quer manter uma alimentação regrada.

Meal Prep

Horas e horas de YouTube, ensinaram-me que podemos simplificar as nossas refeições mantendo-as na linha (e a nós também) e poupar t€mpo com este método.

Basicamente, consiste em preparar todas as refeições da semana no fim-de-semana e congelar (se necessário) tudo de forma a que possamos chegar a casa e comer sem passar pelo stress do “o que é que eu vou fazer para o jantar”!

Há quem prepare todas as refeições do dia, incluindo o pequeno-almoço, há quem faça só um prato em grandes quantidades e divida entre os dias, há quem apenas prepare os ingredientes para que estejam prontos a cozinhar…Cada pessoa pode e deve adaptar o seu meal prep às sua necessidades.

No meu caso, sempre preferi preparar um prato diferente para cada dia, concentrando-me apenas nos jantares.
Sabem aquela angústia de chegar a casa tarde, cheia de fome, cansada e sem vontade de cozinhar e acabamos por encomendar uma pizza? Pois é, não é fácil e não faz bem!

Decidi voltar a fechar-me na cozinha ao domingo e facilitar tooooooda a minha vida no resto da semana.

Como vos disse, normalmente concentro-me mais nos jantares já que aos almoços não me importo de comer uma sopa todos os dias!

Este será o primeiro dos muitos posts semanais (espero!) onde partilharei os menus escolhidos ^_^!

IMG_20160207_161539

Ok, então o menu desta semana é:

  • Chili Vegetariano.
  • Salada de grão (atum, ovo cozido, cebola e azeitonas).
  • “Hamburgers” de feijão preto (que vão acompanhar uma salada de rúcula e passas que só é feita na hora, claro.).
  • Panga no forno com tomate, cebola e couve de Bruxelas.
  • Salsichas de soja e espargos salteados com arroz (integral) de tomate.

 

Ontem, ainda fiz um creme de cenoura e alho-francês, mas vou reservá-lo para os meus almoços.

Costumo, inclusive, estipular em que dia comemos o quê, mas nem sempre cumprimos a ordem a que nos propomos ;_; De qualquer forma, o objectivo é ter um prato para cada dia e não saltar nenhum.

Aceito e agradeço sugestões de receitas (sem carne, please) ❤

 

Se quiserem saber como faço qualquer um destes pratos, deixem nos comentários e faço um post com a(s) receita(s)!

 

Kissu!

 

A*

Snacks Saudáveis – Húmus

Snacks Saudáveis – Húmus

Para pessoas como eu, que preferem snacks salgados e estão sempre disponíveis para lanchinhos e pestiscos, nem sempre é fácil arranjar um snack saboroso e saudável ao mesmo tempo.

Redescobri, há 2 anos, o meu amor pelo grão. De tal forma que sou capaz de comer todos os dias. Desde saladas, pratos indianos, falafel até ao tradicionalmente português bacalhau cozido com grão!

Pois está claro que, para salvação daquelas tardes de fim de semana em que o buraco do estômago não fecha de forma nenhuma, vem o grão em meu auxílio.

Um prato muito famoso no mundo árabe (e não só) o húmus é, basicamente um puré de grão cozido. É muito simples de fazer e cai super bem como snack ou mesmo como acompanhamento.

img_20160125_122144.jpg

Eu não sigo a receita original, mas deixo-vos aqui como faço o meu:

Ingredientes:

  • Um frasco de grão cozindo (ou, claro, podem optar por cozê-lo vocês)
  • Sumo de meio limão (ou mais, caso queiram mais acidez)
  • Sal
  • Cominhos
  • Pimenta
  • 1 colher de sopa de azeite (ou mais, caso prefiram um húmus mais líquido)
  • Sementes de sésamo

 

Modo de preparo: 

Juntar todos os ingredientes no processador de alimentos até que forma um puré homogéneo.

 

Eu gosto do meu húmus espesso e com um saber acentuado a limão.

Costumo acompanhar com tiras de pepino e/ou pimento.

 

 

Só para não estragar tudo ao empanturrar-me de pão.

Sabem como é.

 

Espero que gostem!

 

A*