UPDATE | *Bola de feno a passar…*

UPDATE | *Bola de feno a passar…*

Sim, isto está deserto.

De vez em quando lá sai um sinal de vida no Facebook e no Instagram mas é mesmo quando o rei faz anos.

E isto porquê?

Porque estamos a passar uma fase de algumas mudanças e de muito, muito cansaço. Sabem aquele tempinho livre que às vezes tenho para me sentar ao computador? Não só é escasso como, normalmente, é ocupado com outras atividades menos exigentes como a cozinha (ok, 90% do tempo que passo na cozinha é por obrigação e não lazer), peripécias de costura ou séries/filmes/livros.

Além disso, esta fase de mudança deixa-me numa espécie de dormência criativa, porque estou muito centrada em coisas específicas que, para já, ainda não serão alvo de partilha.

CONTUDO, antecipo uma enxurrada de novos posts e muita coisa interessante se passará por aqui assim que algumas coisas estiverem concluídas.

 

Peço-vos que continuem por aí e não pensem que se livram de mim tão cedo!

 

A*

Review | Máquina de Costura SELECLINE DF612

Review | Máquina de Costura SELECLINE DF612

Pois é, meus amigues, eu ando a levar isto de aprender a coser a sério e, para tal, tinha mesmo de arranjar uma máquina decente.

Apesar de já me terem falado das máquinas que costumam haver no Lidl, não fazia ideia de quando iam estar disponíveis, e na semana em que quis ir ao IKEA ver se havia lá alguma, os autocarros deixaram de existir!

Tudo a correr bem 🙂

Assim sendo, decidi dar uma hipóteses à maquina que vendem no equivalente ao Jumbo aqui em Espanha (Alcampo) pois de certeza estaria, mais ou menos, dentro do mesmo tipo de máquinas que mencionei acima.

a9b77f6c5b14d531d3a26979fe1167a8.340.340.0.min.wmark.b0a5d20d.jpg

 

Uma máquina barata (69.99€), boa para quem está a aprender e que é perfeita para utilização doméstica.

O manual de instruções é claro e, para pessoas como eu que nunca mexeram numa máquina de costura, foi fácil seguir todos os passos para deixar a menina pronta a trabalhar.

IMAG2552

 

  • Vem com bobinas, agulhas, um descosedor (?) e uma peça para fazer casas de botão.
  • Braço livre para facilitar as costuras de mangas ou bainhas de calças, por exemplo.
  • 10 tipos de ponto.
  • Botão de retrocesso.
  • Opção de casear botões.
  • Capa de plástico para a máquina.

 

IMAG2554 (1)

Tenho vindo a fazer testes a aprender com roupas velhas, tentando transformá-las em algo novo. Assim, não só aprendo, como reutilizo e não gasto dinheiro em tecidos para servirem apenas de cobaias.

 

Alguns exemplos:

IMAG2550.jpg

 

 

  1. Upcycle de uma sweat-shirt minha que já não usava para umas calças. Ficaram curtas -_-
  2. Leggings feitas a partir de umas leggings minhas que estavam rotas. Ótimas para sujar e destruir enquanto está em casa.
  3. Forra de mini-almofada. Feita a partir de um vestido que nunca usei. #shameonme.

 

Estou muito satisfeita e cada vez menos é um mistério para mim mexer na máquina, o que torna tudo mais fácil na hora de tentar criar ou arranjar uma peça.

 

Que máquinas é que usam por aí?

 

A*

Estilo | Inspiração Outono/Inverno – Tons Terra

Estilo | Inspiração Outono/Inverno – Tons Terra

Aproximam-se as minhas estações do ano preferidas e, um pouco à semelhança do que acontece na Natureza nesta altura, creio que está na hora de renovar um pouco o guarda-roupa.

Nada totalmente diferente, apenas um level up.

Tenho, urgentemente, de romper o casamento preto & branco porque está a tornar-se muito repetitivo e, o mais engraçado é que pretende fazê-lo com tons terra.

*LULZ*

É que eu sempre fugi destas cores como o diabo da cruz, mas algo me está a atrair para elas, recentemente.

Nada como o Outono e o Inverno para começar.

 

 

E é neste registo de Bruxa Urbana/ Legolas/ Gótica Reformada/ Betinha Rebelde que me ando a inspirar para variar um pouco.

Vamos ver o que sai daqui!

 

A*

 

 

As Últimas Semanas em Fotos

As Últimas Semanas em Fotos

Ando a falhar como as notas de 1000 mas mais vale fazer alguma coisa que nada, né.

Muitas viagens, algumas preocupações, os normais afazares do dia-a-dia e um cansaço daqueles são alguns dos motivos pelos quais não dá para sentar frente ao computador e pôr alguma coisa aqui (ou mesmo escrever no telemóvel enquanto vou no metro).

Isto também significa que não tem havido nada de particularmente especial para documentar neste tipo de posts mas, mesmo assim, compilei algumas fotos e deixá-las-ei aqui só para não dizer desapareci por completo!

IMAG2458

IMAG2454

IMG-20170916-WA0007IMAG2445IMAG2457

IMAG2427

IMAG2483

IMG-20170915-WA0008

IMG-20170916-WA0024

IMG-20170921-WA0003

  • Mais uma voltinha de avião.
  • Quem diria que eu ia gostar TANTO de um par de calças de ganga.
  • Casório dos amigos ❤
  • Padrão espetacular desperdiçado num fail de costura (hey, estou a começar, ok?)
  • Eu sozinha no corredor do material escolar = PERIGO!
  • Montes de maquilhagem reduzida a uma bolsinha (ainda não fiz a limpeza, mas está para breve)
  • Haul para o frio que aí vem!
  • Jantar no Indiano com o Mr. = Felicidade extrema <3.
  • Na casa da avó vale tudo, até lamber a parede!
  • Não há vinagre de limpeza? KTHNXBYE.
Maternidade | 12 Meses 12 Factos sobre o César

Maternidade | 12 Meses 12 Factos sobre o César

baby-2614867_960_720

 

 

Vi este post no blog dias de uma princesa, da Catarina Beato e, apesar de ela ter escolhido enumerar 10 factos aos 10 meses da Maria Luiza, eu achei giro fazer para os 12 meses.

É um ano!

Já um ano!

 

Aqui vamos:

 

  1. Mama imenso, principalmente durante a noite.
  2. Gosta mais de salgados do que de doces.
  3. A primeira palavra foi “água” aos 10 meses, aprox.
  4. Desenhos animados só com música. Mas uma música mexida. Nada de músicas para bebé dormir.
  5. Não é grande fã de homens com barba.
  6. É um bebé bastante caseiro.
  7. Gosta de brincadeiras que envolvam sustos e guturais (!!!)
  8. Assim que entra no supermercado diz: A PAPA!
  9. Gosta de ver futebol e Dragon Ball com pai.
  10. Devia chamar-se Narciso, porque adora o próprio reflexo.
  11. ADORA iogurtes.
  12. ODEIA biberões.

 

 

A*

Férias em Família | Como é que correu?

Férias em Família | Como é que correu?

beach-1449008_960_720

Ok, vou tentar não divagar muito mas, ao mesmo tempo, fazer de tudo para não me esquecer de nada!

Como sabem, este mês fizemos as primeiras férias a 3 em Itália. Entre Roma, Bari e Florença pretendíamos ver um pouco das cidades, mas também descansar e fazer as típicas férias de Verão. Como podem ver neste post, fiz de tudo para que esta aventura corresse minimamente bem e preveni-me do maior número de imprevistos possível.

O César está habituado a viajar, andar de avião, ambientes diferentes do dele, por isso, isso também não seria um problema, além disso, o facto de vivermos numa cidade grande como Madrid, sem carro e habituados a levar a cria para tudo o quanto é sítio de transportes/a pé também nos deixou confiançudos!

As férias iam ser giras, íamos conhecer sítios novos, o César ia ver a praia pela primeira vez e molhar aqueles pézinhos lindos que mais parecem duas almofadas…enfim, ia ser rejuvenescedor e trazer boas recordações…

 

…SÓ QUE NÃO!

 

Pois é, as “férias” foram um desafio para o qual não estávamos preparados e foi um mar de surpresas não muito agradáveis.

Desde locais completamente inacessíveis para carrinhos ou pessoas com mobilidade reduzida, multidões de turistas, praias sujas e com POMBOS, taxistas do pior que há neste mundo, bebé com uma alergia feia devido ao calor, a voos cancelados sem sabermos até chegar à hora do mesmo, aconteceu de tudo!

Tudo mesmo! E foram duas semanas e meia…eternas!

Focando um pouco na experiência do César, posso dizer que não repetiremos a proeza tão cedo ou, se o fizermos, será definitivamente por menos tempo. É o que o miúdo descobriu neste tempo que odiava o carrinho, o mei tai, a comida, os brinquedos e dormir era uma perda de tempo!

Estão a ver qual era o papel do pai e da mãe nesta história não é?

Agora, fora de brincadeiras, provavelmente aventuramo-nos demasiado com um bebé que, mesmo habituado a andar por aí estilo nómada, ainda é pequeno para tanta viagem. O imenso e húmido calor italiano não ajudou à festa e acabou por causar ainda mais um desconforto ao rebento, o que também acabou por nos privar de alguns *supostos* momentos de mais calma e tranquilidade como as idas à praia, por exemplo.

IMAG2314.jpg

E nós a pensar que a água do mar ia secar isto rapidamente quando fez, exatamente, o efeito contrário!

 

 

 

Em compensação vingamo-nos fortemente na comida que, como já sabia, é soberba!

Espero que tenham gostado do relato das férias que, agora em casa e em paz (lol), quase me pareceram engraçadas. Mas na realidade foi um terror.

Tirando as pizzas e os gelados, claro.

 

 

A*

 

 

 

Receita | Salada de Cous-cous e Tomate Seco

Receita | Salada de Cous-cous e Tomate Seco

IMAG2396.jpg

 

Cada vez menos comedora de bichos, o meu objectivo é sempre tentar fazer comida que combine com esta definição e que renda! Sim, se eu puder comer ao almoço o jantar do dia anterior, isso significa que consegui evitar uma estadia na cozinha e a “chateação” de andar a pensar:

O que é que eu vou cozinhar?

 

Num momento iluminado, fui à despensa buscar o tomate seco que comprei com ideias de fazer alguma coisa extremamente decadente, cheia de hidratos de carbono e queijo (ir a Itália não me fez bem) mas, como isso ia durar pouco, optei por fazer algo menos pecaminoso.

Para combinar com este tempo louco, fiz uma salada de cous-cous e tomate seco que poder ser servida quente ou fria.

 

Ingredientes:

  •  1 caneca de cous-cous.
  • 100g de tomate seco picado ligeiramente..
  • 1 punhado de cajus picados ligeiramente.
  • 1 frasco de grão.
  • 1 punhado de passas.

 

Temperei com sal, pimenta e sumo de limão.

Experimentem e digam se gostaram ou não ❤

 

 

A*