Cabelo | Adeus, Cabelo Comprido.

Cabelo | Adeus, Cabelo Comprido.

 

Apesar de eu ser fã da máxima: “É só cabelo” a verdade é que nem sempre agi consoante a mesma.

Sempre fui muito aventureira e nunca me coíbi de fazer o que quer que fosse ao cabelo, nem que isso significasse danos quase irreversíveis (haviam de ver-me chorar enquanto secava o cabelo recém descolorado e o via VOAR da minha cabeça…).

Apesar de todas as tintas, descolorantes, cortes caseiros, placas ardentes e secadores em fogo o meu recurso à tesoura foi sempre, digamos, modesto.

Depois de ter decidido tentar ressuscitar esta cabeleira tão fustigada sem a cortar toda de vez, realmente comecei a poupar nas agressões.

De um cabelo seco, sem brilho e já sem os seus caracóis naturais, passámos a ter uma melena farta, encaracolada e com vida. Nunca deixei de pintar mas reduzir o calor, dobrar nas hidratações e demais tratamentos e ir aparando as pontas de vez em quando serviu para devolver a vida aos fios.

Foi uma jornada de 4 anos onde aprendi muito sobre cabelo mas também sobre mim. Sobre a minha noção de identidade, sobre a libertação de rótulos e sobre aquilo que levamos dentro, que é realmente o que nos define e se reflecte no nosso estilo.

Tantos produtos, tantos cuidados e tanta dedicação para agora…cortar tudo!

Pois é, cortei o cabelo quase todo.

 

Porquê?

 

Porque queria mudar.

Porque queria experimentar.

Porque queria sair da minha zona de conforto.

Porque não estava nada contente com o que tinha.

Porque posso.

Porque é só cabelo!

 


Adoro o resultado e, ao contrário do que sempre pensei, identifico-me imenso com o cabelo curto.

 

Só tenho pena de não o ter feito mais cedo 😉

 

A*

11 thoughts on “Cabelo | Adeus, Cabelo Comprido.

  1. Fica-te melhor assim que comprido, na minha modesta opinião. E dá menos trabalho, não? Eu já desisti de ter o cabelo curto (ou médio…) porque não me fica bem e nunca sem o que fazer com ele, mas ter o cabelo super comprido, volumoso e ondulado dá tanto trabalho….

    Liked by 1 person

    1. Obrigada, agora também acho que me fica melhor. Sempre quis ser uma pocahontas mas em versão encaracolada mas sempre falhei redondamente lol. Além de dar muito trabalho, o cabelo ficou estranho depois do parto, por isso, livrei me dele. Nunca vi bem o teu cabelo mas quanto mais curto menos trabalho (acho eu)!

      Liked by 1 person

      1. Ohhhh a Disney elevou demasiado a fasquia nos cabelos! O cabelo curto dá menos trabalho, mas no meu caso fica SEMPRE cogumelo e não consigo fazer nada de jeito. Com o cabelo comprido posso esticar, pôr espuma, deixar ao natural, entrançados diferentes, carrapitos, etc.

        Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s