Review | SATIN LIPS – Mary Kay

Review | SATIN LIPS – Mary Kay

A pele dos lábios é a que mais sofre com as influências exteriores, pois é a parte da pele que nunca cobrimos!

Infelizmente, os meus lábios estão sempre uma lástima, 365 dias por ano e não posso, de forma alguma, sair de casa sem um hidratante de lábios.

Apesar do meu go-to bálsamo ser o Carmex, quando o meu último stick acabou, decidi dar uso ao maravilhoso set de lábios SATIN LIPS da Mary Kay que esperava, tranquilamente, por mim na minha mala de produtos!

Composto por 2 produtos, o exfoliante/máscara e o hidratante, este set pode ser utilizado diariamente.

 

Utilização:

  • Aplicar exfoliante/máscara nos lábios e deixar atuar 1 ou  2 minutos.
  • Retirar o produto anterior e passar o bálsamo.

 

Eu não uso o set completo todos os dias, contudo, como ultimamente a pele dos meus lábios está uma miséra completa, a única forma de repor a hidratação e um aspeto decente é utilizar os dois produtos.

O exfoliante/máscara é de efeito imediato e sentimos, de repente, todas aquelas pelinhas soltas a desaparecer para dar lugar a um par de lábios macios e saudáveis.

O bálsamo hidrata sem ser demasiado gorduroso, o que faz com que o passar das horas não fiquem resíduos na pele. Sem dúvida, estes dois produtos formam um casamento perfeito.

É verdadeiramente eficaz e, como a maior parte dos produtos de cuidado da pele da Mary Kay, aconselho-o a toda a gente que esteja a precisar de uma ajudinha extra nesta área.

Lábios suaves e hidratados com pouco esforço <3!

Preços, características e ingredientes aqui.

Já usaram? Usam?

Façam-se ouvir ^_^

Muah!

 

A*

 

Gravidez: O que visto?

Gravidez: O que visto?

Update: Maio, Maio, Maio…estás a passar tão rápido que acabei por negligenciar este espaço por causa dessa tua pressa!

Peeps, desculpem a ausência mas a verdade é que este mês tem sido super corrido! Muitos episódios inesperados, visitas, trabalho e continuação de preparativos para a chegada do mighty C!

Aproveitei o regresso para fazer uma pequena alteração á make up do blog e, apesar de semelhante, estou muito mais satisfeita com o resultado atual! Espero que gostem, também 🙂

Começando então pelo tema de hoje…

Desde que descobri que estava grávida, um dos meus objectivos era usar a minha roupa normal até não poder mais! Nunca fui fã de moda pré-mamã.

Acho-a clássica demais, sem grande originalidade, e muito matrafona-style…nah, not for me!

Têm me valido as minhas oversized t-shirts, blusas e camisas e aquela legging que eu nunca dispenso.

Sim, eu ando sempre com o mesmo tipo de roupa…as mesmas cores (que são poucas) mas este “uniforme” tem me permitido continuar a olhar ao espelho e ver-me a mim apesar da crescente bola de basketball que sobressai nesse reflexo.

Um dos maiores receios no que diz respeito às mudanças que traz a maternidade à minha pessoa, era a possível perda de identidade. Sei que ainda agora o crianço nem nasceu, mas tudo começa no dia em que sabes que te vais tornar mãe.

Naturalmente, esta identidade passa pela nossa imagem pessoal e, começando por aí, tenho feito de tudo para continuar a ser eu.

Cada pessoa encarará este tema como melhor entender, mas se há coisa que quero continuar a ser é eu mesma, com a minha imagem, com a minha personalidade, com os meus gostos, com as minhas convicções mesmo depois de todas as mudanças que vão obrigatoriamente ocorrer.

Aceito esta nova etapa de braços abertos mas não me posso esquecer de quem sou. Até porque só assim vou transmitir ao meu filho aquilo que pretendo.

Daqui a uns tempos voltamos a falar neste assunto, anyway

 

Posto isto:

img_20160526_112055.jpgimg_20160521_222316.jpg

 

pr2pr3pr1

Ainda que nestas fotos não tenha uma única peça pré-mamã, não resisti em ir espreitar a H&M e trouxe esta t-shirt super gira ❤

hmprod

Vejam o link do site aqui!

Como as roupas escuras e largas não fazem justiça ao tamanho da bola que aqui tenho, despeço-me com esta ❤

13118992_1108431052532101_5117168829133403264_n
Foto com 25 semanas…Já estou com 28 e continua a aumentar!! ❤

 

Até breve!

A*

 

 

Baby Loading…Roupas e acessórios!

Baby Loading…Roupas e acessórios!

Tal como falado anteriormente, trago-vos o post sobre as coisinhas do meu baby!

Apesar de ter sempre lidado com bebés na família, nunca prestei muita atenção a estas coisas. Elas simplesmente apareciam ali. Pensava eu. *dumbandreiaisdumb*

Confesso que as roupas são o que mais me baralha. Que tamanhos, que tipo de roupa, em que quantidade???

Para não começar a panicar, decidi começar a ver algumas coisas na Internet sobre o assunto, falar com os mais velhos da família, amigos… e não começar a stressar.

É um bebé e vários bebés nascem todos os dias! Muitos em sítios ou em condições em que não se dá tanta importância ou, infelizmente, não existem possibilidades de haver sequer este tipo de preocupação.

Não obstante, fui começando a mexer-me e, às 25 semanas de gravidez, tenho algumas coisinhas!

babystuff

Nunca liguei a coisas de bébés. Para dizer a verdade, acho que nem dava por elas nos supermercados/lojas de roupa mas, realmente, as coisas mudam muito quando se trata do nosso rebento! ❤

Entre babygrows, bodies e roupinhas mais práticas, acho que o meu filho vai andar sempre de “pijama” xD!

É certo que ainda falta muita coisa, mas com o tempo vamos chegando lá. Eu nem sabia por onde começar e já comecei, por isso, no worries.

Além das roupas e acessórios, o que eu queria mesmo ver era um carrinho. Vivemos numa cidade grande, sem carro, bastante movimentada e sempre a saltar de transporte em transporte.

Precisamos de um todo-o-terreno!

Optei pelo Trio My City da Chicco que inclui: alcofa, ovo e cadeira.

Chicco-poussette-pas-cher-Trio-My-City

Ë resistente, fácil de montar e desmontar e tem tudo aquilo que precisamos. Apanhámos uma promoção, por isso, acho que foi mesmo uma excelente compra!

Quanto ao berço, queria um berço clássico e de madeira (acho-os mais bonitos que os brancos, por exemplo) e então lá fui enfiar-me no IKEA.

ikea-2011-kids-room-design-ideas-4_thumb

*Não sei se sabem, mas eu detesto ir ao IKEA…O que fazemos por um filho hehehe*

E é isto, peeps!

E por aí, quem tem ou vai ter babies, como se sente/ sentiu-se?

 

A*

 

 

Cabelo pós Box Braids – Resultados

Cabelo pós Box Braids – Resultados

Depois de ter tirado as tranças, mal podia esperar para lavar e arranjar os meus caracóis para ver qual o resultado de um mês com um protective-style.

Verdade seja dita, estava com medo de ter perdido demasiado cabelo e que, como resultado disso, ficasse fraco e com mau aspeto.

Apesar do penteado proteger os fios, a verdade é que das outras vezes o meu cabelo ficava horrível e sem vida depois de desmanchar as box braids. Sei que, quase de certeza, isso deveu-se à forma como as tranças foram feitas, o seu peso, e o apertanço que levei no escalpe!

Uma coisa mal feita, pode provocar o efeito contrário. Parece que foi o que aconteceu comigo!

Assim que saio do banho e vou de difusor em punho para ver como está a juba, deparo-me com um cabelo substancialmente mais comprido e, para meu grande regozijo, o meu pente vem, praticamente sem cabelos nenhums atrás!

MILAGRE! 

Pois é, desde que deixei de esticar o cabelo e me mudei para Madrid que a queda de cabelo tem sido intensa. Estou ciente de que, quanto menos penteamos o cabelo, mais ele fica preso nos outros fios e, quando o vamos pentear, temos a sensação de que perdemos muito cabelo. Além disso, num cabelo liso, os fios caem e, muitas vezes, nem os vemos no pente/escova porque, como não ficam presos nos caracóis, ficam na roupa e onde quer que passemos, sem que possamos dar por eles.

Em média, caem cerca de 50 a 100 fios de cabelo por dia. Pois eu de cabelo encaracolado, cheio de volume e a penteá-lo umas duas vezes por semana, imaginam a imagem depois de o pentear! Assombrosa!

Neste momento, tenho uma cabeleira farta e firme que já não me deixa entupir os ralos!

Durante o período em que usei as tranças, utilizei a gama da Pantene – CLINICARE HAIR TIME RENEWAL (podem ler o que escrevi sobre estes produtos aqui) e agora que as tirei estou a intercalar com a gama HIDRA CARACÓIS da Fructis (que adooooro). 

De qualquer das formas, creio que esta melhoria tão grande também se deve ao facto de estar a tomar o suplemento de ácido fólico, próprio para grávidas, pelo que, seria enganoso atribuír este milagre capilar só às box braids :p.

Se quiserem aumentar o vosso consumo de ácido fólico, também conhecido como Vitamina B9 basta comerem mais folhas escuras: espinafres, brócolos e couve, por exemplo. O vosso cabelo agradece 🙂

Infelizmente, as fotos raramente fazem justiça à majestosa cabeleira, mas deixo-vos com o melhor que consegui 🙂

img_20160502_234439.jpg

Até à próxima!

A*

Maquilhagem Passo-a-passo – Olhos/Lábios

Maquilhagem Passo-a-passo – Olhos/Lábios

Na segunda parte deste “guia” (olha-me esta!) vamos ver a aplicação de sombras e eyeliner que eu costumo fazer para uma make up não muito complicada.

IMG_20160425_173959

Toda a gente pira com aqueles conjuntos enormescos de não sei quantos picéis! Eu também, tenho imensos e até gosto de tê-los à vista para me lembrar o quanto os aprecio.

Precisei deles para aprender a maquilhar-me? Não. Definitivamente!

Não estou a desencorajar ninguém, mas lembrando-nos que estes posts são dirigidos a todos aqueles que só querem começar, descansem que não vão precisar de ir à falência.

6

Ora bem, sombras! Quem não fica com estrelinhas e arco-íris à volta cada vez que vê aquelas paletas cheias de todo o tipo de cores ali à nossa disposição?

Pois é, brincar com as cores é maravilhoso e, realmente, devemos agradecer aos deuses pelas sombras de olhos e por tudo o que conseguimos fazer com elas, mas para começar, sugiro que usem sombras neutras.

A não ser que queiram mesmo algo mais arrojado, para os receosos de parecerem muito carregados: sombras neutras/nude.

Dica: Se quiserem criar profundidade, ou simplesmente quiserem usar mais que uma cor:

  • Cor média na pálpebra móvel
  • Cor escura no côncavo
  • Cor clara debaixo da sobrancelha

 

7

Eis que chega então o tão temido eyeliner!!

Acho que a pergunta que mais ouvi na vida é:

Como é que fazes o eyeliner?

Sinceramente, e sem querer ser repetetiva, o meu truque é a prática. Tenho a certeza que já viram imensas técnicas na net: os 3 pontinhos, a fita cola, ou até uma espécie de moldes que existem para aplicação eyeliner sem margem para erro.

Eu aprendi a errar, a ver qual a forma à qual me adaptava melhor, a experimentar, e a treinar, treinar, treinar…

Explicando as fotos:

  • Desenhar uma linha recta sem chegar ao final
  • Preenchê-la
  • Desenhar a wing (ponta)

 

Dica: Se virem falhas, preencham-nas com sombra preta. Mais que uma linha perfeita, queiram uma linha bem negra e bem preenchida. Tentem também desenhar a wing aos poucos e alongando conforme desejam.

 

8

Terminamos os olhos com uma máscara de pestanas que vai dar-nos logo outro aspeto e vai retirar os restos de sombra que se acumulam nas pestanas e lhes dão aquele aspeto esbranquiçado. Eww.

Lábios! No que diz respeito à cor, creio que, para começar, é preferível usar cores neutras e suaves. E se não quiserem, um bom hidratante já faz toda a diferença, além de proteger a, tão sensível, pele dos lábios.

 

Espero que tenham gostado e, sinceramente, que vos possa orientar! Lembrem-se que a cara é vossa e vocês é que decidem o que usam e o que não usam.

Se não viram o primeiro post sobre preparação do rosto, cliquem aqui.

Deixo-vos aqui também um post que já fiz a recomendar alguns produtos para principiantes, vejam aqui!

 

Boas maquilhagens!

 

A*