Hamburgers de Feijão Encarnado- Receita

Hamburgers de Feijão Encarnado- Receita

Isto de estar grávida tem dado cabo do meu juízo alimentar! Eu que, a tanto custo, aprendi a canalizar os meus desejos para coisinhas mais saudáveis, só consigo pensar em pizzas e queijo e tudo o que é bom mas faz mal!!!

Ora bem, apesar de me estar a permitir um capricho aqui e ali, a verdade é que tenho tentado mudar o mindset para voltar a saciar os desejos que tenho por coisas que não me entopem as veias. Sinceramente, sei que é mais a preguiça que encaminha os meus pensamentos para a pizza que, à distância de dois clicks, está em minha casa sem que eu precise de mexer uma palha. Porque eu adoro saladas e doces fit and all that jazz mas isso significa levantar me e TRABALHAR!

Aproveitando um resquício de vontade de cozinhar que me deu num destes sábados, aproveitei para fazer Hamburgers de Feijão Encarnado.

De todas as formas que tento utilizar para comer leguminosas, o “hamburger” é dos meus preferidos. Não só me permite incorporar outros ingredientes que, provavelmente de outra forma não juntaria ao ingrediente principal, como combinam com qualquer acompanhamento.

Apesar de fazer estes hamburgers com frequência, raramente os como no pão, porque eu prefiro sempre uma pratalhada de comida :p.

Vamos à receita:

  • 1 frasco de feijão encarnado
  • 1 caneca de farinha de aveia
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • Cominhos a gosto
  • Sal e pimenta a gosto

 

O primeiro passo é triturar os flocos de aveia até se tornarem em farinha.

A seguir, também no processador de alimentos, colocar o feijão passado por água e bem escorrido, e passar até que fique com uma consistência bem pastosa.

Seguidamente, é so juntar o feijão passado, a farinha de aveia e os restantes ingredientes e mexer tudo muito bem.

IMG_20160423_203235.jpg

Para moldar, basta untar as palmas das mãos com um pouco de azeite ou óleo de côco e ir formando bolinhas em forma de hamburger.

Deixá-los cozinhar no óleo da vossa preferência até ganharem uma cor acastanhada de ambos os lados.

E já está!!

IMG_20160423_211205

 

Acompanhei com uma salada de tomate, cebola e óregãos que me soube pela vida *___*

E assim satisfiz os meus desejos sem encher me de fast-food ou outras coisas maléficas das quais me vou lembrando :p.

 

Experimentem e partilhem comigo os resultados ❤

 

A*

Maquilhagem Passo-a-Passo – Rosto

Maquilhagem Passo-a-Passo – Rosto

“Andreia, tenho visto o teu blog e quero começar a maquilhar-me, mas não sei por onde começar!!”

“A minha maquilhagem não é nada de jeito, e só tenho um ou dois pincéis, por isso, não consigo/posso fazer muita coisa.”

“Como é que fazes x/y/z?”

“Eu queria maquilhar-me mas não tenho jeito nenhum.”

Este é o género de mensagens/comentários que recebo sempre que o tema abordado aqui é maquilhagem. Isto não é novo, mas desde que fiz o blog, posso dizer que o volume deste tipo de comentários tem aumentado bastante.

Com este post, venho tentar mostrar os passo básicos para aplicação de maquilhagem para aquelas pessoas que se sentem perdidas.

Quero deixar claro que este é o meu take no assunto, sendo que não pressupõe nenhuma regra absoluta nem nenhuma verdade indiscutível. Resolvi fazer este(s) post (s) na expetativa de poder dar algumas luzes às pessoas que, normalmente, vêm falar comigo e fazer o tipo de comentários que citei acima e todas as outras que se possam identificar com esta situação.

‘Ta? ‘Ta! 🙂

Então… A minha ideia era fazer tudo num post mas para não ficar super longo vou dividi-lo em duas partes: Rosto e Olhos/Lábios.

IMG_20160425_171631

Começando então pelo rosto, aqui está tudo o que utilizei!

(Tenho um post a recomendar alguns artigos de maquilhagem para principiantes aqui, caso queiram começar por aí :)!)

 

Aqui estou eu sem nadica de nada (apenas com primer) :O e já com a base colocada nos  pontos principais:

  • Testa
  • Maçãs do rosto
  • (Cana do) Nariz
  • Queixo

1

Até ter descoberto a Beauty Blender, a minha forma preferida de aplicar a base era com os dedos. YES!  Se acham que precisam de meia dúzia de pincéis de rosto e outra meia de esponjas xpto para aplicar bem a base, enganam-se.

Aconselho até, a quem realmente não está habituado a maquilhar-se a experimentar aplicar com as pontas dos dedos nas primeiras vezes porque, pelo menos no meu caso, ajudou-me a conhecer as texturas e consistências de cada base que usei, o que depois facilita na hora de aplicar com uma esponja ou pincel que não nos permite sentir o produto. Faz sentido? Para mim sim.

Dica: Ir espalhando a base de dentro para fora, ou seja, do centro do rosto para os lados. Não esquecer a parte debaixo do queixo/maxilares e arrastar o produto para essa zona também.

2

De base posta, passo ao corretor, que também uso para dar uma luzinha aqui e ali, como podem ver.

Aqui, também podem aplicar com os dedos pelas mesmas razões da base. Prática e mãos na massa é que nos traz bons resultados!

Também podem usar um pincel próprio para corretor, ainda que, inicialmente não o aconselhe.

Dica: Quer usem uma esponja ou as pontas dos dedos, o corretor deve ser aplicado com leves pancadas de forma a esbater o produto sem o retirar! No caso de usarem as mãos, o “dedo da beleza” é o anelar pois é o dedo com menos força e pode ser usado como instrumento de maquilhagem perfeitamente!

Depois do corretor, optei por usar um pó compacto. Fica ao vosso critério. Se vão começar a brilhar assim que saírem de casa, podem colocar mas se não gostarem de se ver com um aspeto tão mate, deixem os pós de lado. Vocês é que decidem 🙂

4

Apesar de este ser um passo dispensável para a maioria das pessoas, não se perde nada em deixá-lo aqui para a posterioridade.

No caso das minhas *particulares* sobrancelhas, eu começo por fazer as linhas exteriores e depois preencho-as com um lápis de sobrancelhas e uma sombra.

Dica: Tentem pentear os pelinhos para cima antes de começarem a desenhar.

As sobrancelhas são irmãs, mas não necessariamente gémeas!

Eu, pessoalmente,  não aprecio aquelas sobrancelhas super gráficas, completamente idênticas e realçadas com corretor em cima e em baixo. Se gostarem, sugiro que, primeiro comecem com uma coisa básica. Mesmo que inicialmente vos pareça ficar com uma aparência tosca, acreditem que a prática vai levar-vos a melhores resultados.

55

Ora, em último lugar temos o bronzer, o blush e o iluminador.

Podem usar os três, só dois, só um ou até nenhum, se não quiserem!

A maioria das pessoas que está habituada a ver-se de cara lavada, estranha um pouco o efeito da maquilhagem final por achar que é demais. Mesmo sendo algo simples. É normal.

Por isso, decidirão vocês de usá-los ou não!

Se sim:

  • Bronzer na linha inferior das maças do rosto
  • Blush nas maçãs do rosto
  • Iluminador um pouco acima das maças do rosto e nariz (opcional)

 

Dica: Para  começarem a habituar-se, apliquem estes produtos em menor quantidade. Mesmo muito pouco. Vai fazer diferença, mas não vos vai chocar :P.

 

Concluímos assim esta primeira parte e, como podem ver, apesar de termos apenas preparado o rosto, já se nota bastante diferença!

O que interessa é começarem e começarem por coisas simples, pelo básico mesmo!

Boa sorte e toca a maquilhar!

 

 

A*

5 Substituições para uma alimentação mais saudável.

5 Substituições para uma alimentação mais saudável.

Comer melhor nem sempre significa abdicar de tudo aquilo que mais gostamos.

 

O truque para que a nossa alimentação seja mais equilibrada e mais saudável é substituir o que nos faz mal por aquilo que, realmente, vai ser benéfico para o nosso corpo.

 

Para ajudar nesta transição, trago-vos 5 substitutos para que possam continuar a cozinhar, e comer, aquilo que mais gostam sem prejudicar a vossa saúde.

 

Farinha de Aveia – A aveia é um super-alimento repleto de benefícios para a nossa saúde. Mantém os níveis de açucar no sangue regulados, é rico em fibras, vitaminas do complexo B e E e minerais. Em vez de usar a tradicional farinha de trigo, a farinha de aveia é uma excelente substituição e funciona especialmente bem em pães e bolos.

 

Quinoa – Conhecida como o “grão de ouro”, a quinoa é, teoricamente, uma semente rica em proteínas, cálcio e ómega 3. Quando cozinhada, obtém uma textura semelhante ao cous-cous, o que faz dela um ótimo substituto para o arroz e para o cous-cous, obviamente.

 

Óleo de Côco – Também conhecido como manteiga de côco, este óleo vegetal serve para, praticamente, tudo. Para além do aroma delicioso que adiciona aos cozinhados (tanto doces como salgados), o óleo de côco não perde as suas propriedades quando quente, além do que, quando não refinado, não contêm as gorduras trans que provêm do processo de hidrogenação dos óleos.

 

Stevia – De forma ficarmos longe do açúcar, mas continuando a adoçar os nossos paladares, nada melhor que um substituto natural. A stevia é a melhor opção : Não tem calorias, não altera os níveis de açucar no sangue e não faz mal aos dentes!

 

Zoodles – Ou zucchini noodles é nada mais nada menos que esparguete de courgette. Perfeito para fazer pratos de pasta leves, nutritivos e muito pouco calóricos. Para além da sua versatilidade, que permite também a substituição das placas da lasanha, a courgette auxilia na perda de peso, faz bem ao coração e reduz os riscos de asma.

 

 

Experimentem e partilhem as vossas opiniões!

 

 

Podem encontrar este post, e muitos outros, no blog Popcorns & Unicorns!
Em conjunto com mais duas meninas, vamos escrevendo sobre os mais variados temas, por isso, não deixem de visitar 🙂

 

A*

Box Braids – A Minha Experiência.

Box Braids – A Minha Experiência.

Como devem ter reparado, usei durante algumas semanas as famosas Box Braids (que até há pouco tempo conhecia apenas como…tranças).

Um estilo bastante popular, desde sempre, entre as mulheres Africanas, é considerado um penteado que serve para proteger o cabelo natural, para além da questão estética.

Esta não foi a minha primeira experiência com Box Braids, mas foi a única que me permitiu aproveitar, realmente, todos os seus benefícios!

Nas duas primeiras vezes ou eu não me soube explicar, ou queriam partir-me o pescoço com o PESO E COMPRIMENTO EXCESSIVO das tranças. Escusado será dizer que era muito incómodo e acabei por desistir rapidamente.

Não vencida, quis tentar novamente!

Mas toda a gente usa tranças, porque é que eu não hei de conseguir??

Desta vez fui paciente e decidi esperar até visitar a minha cidade mai linda e confiar esta árdua tarefa a uma profissional de excelência no que diz respeito a este tipo de penteados (página de Facebook do salão aqui)

Além da rapidez com que executou o trabalho (acreditem que faz diferença) permitiu com que, pela primeira vez, o meu pescoço não sucumbisse ao peso das tranças ❤

Só posso dizer que amei o resultado e mal podia esperar para acordar e NÃO TER DE ARRANJAR O CABELO! *___________*

img_20160318_102518.jpg

img_20160325_094705.jpg

img_20160411_210454.jpg

Usei as tranças durante um mês, aprox, e garanto-vos que além de ser um penteado super versátil que permite fazer vários penteados (confesso a minha falta de criatividade nesse aspeto, mas eu adoro vê-las de qualquer forma, mesmo) protege muito o cabelo que está escondidinho atrás de todo este cabelo sintético. Claro que há que manter alguns cuidados com a lavagem e hidratação do cabelo porque, apesar de tudo, ele está lá e não deve ser negligenciado.

Apesar da experiência ser ,claramente, positiva e sendo MUITO PROVÁVEL voltar a fazer quando for a Setúbal, também tem os seus contras

  • Dói um pouco a fazer e nos primeiros dias.
  • Não é muito fácil lavá-las.
  • Secar também não é pêra doce.
  • Tirar as tranças é um martírio absoluto.

 

Ainda assim, estes pontos não me demovem de usar Box Braids, pois agora que as usei devidamente, reparei também no bem que fizeram à minha juba natural <3.

Mas sobre a vida depois das tranças, virá outro post!

 

 

 

 

E ,só para terminar, vejam a quantidade de cabelo sintético que tinha na cabeça…

img_20160417_220945.jpg
Não sei se dá para perceber mas é um saco de plástico quase cheio! Não admira que o meu peso tenha aumentado tanto xD.

 

Cya!

 

A*

 

Baby Loading…Diário da Gravidez – Semana 17 a 22

Baby Loading…Diário da Gravidez – Semana 17 a 22

Parece que, finalmente, começamos a desfrutar do aclamado segundo trimestre!

Então, depois daquelas semanas em que andei em modo zombie, a energia voltou a mim e, apesar de tudo, voltei a sentir-me mais viva.

Ainda que continue a andar mais devagar que o normal e continue a ter surtos de falta de pilha (estou a falar e falta-me o fôlego…mesmo estando deitada) sinto-me ainda capaz de andar bem, e cumprir todas as minhas tarefas diárias. Incluíndo o cardio que faço a subir e a descer escadas nas estações do metro…!

A minha barriga aumentou de tamanho consideravelmente e já coloquei de lado as calças normais, porque ando a fazer estas figuras no trabalho…

bump

Descobri também que as grávidas dão sono nos transportes públicos mas, na verdade, nem me posso queixar muito pois, de forma geral, tenho encontrado sempre pessoas bastante gentis que, cordialmente, me cedem os seus lugares. Obrigada, isto pesa mesmo!

O meu baby está bastante bem, aparenta ser grandinho e pontapeia-me a torto e a direito! É mesmo uma experiência única sentir o bébé mexer <3, pois neste momento é a única forma de “comunicação” palpável que temos.

Inicialmente, não tinha bem a certeza se o que sentia era o crianço (até porque muitas vezes via que eram apenas…gases xD) mas hoje sei que o primeiro movimento que senti foi no avião, enquanto o mesmo descolava, às 17 semanas. Deve ter ficado num excitex com a viagem, tem a quem sair 😛

A minha alimentação continua regrada, ainda que me permita agora um pouco mais do que antes. Ainda assim, nada de refrigerantes e doces vejo-os muito poucas vezes. Sei que a médica e a enfermeira não acreditam em mim porque o fat-shaming é forte, mas não estou nem aí.

Mas como nem tudo são rosas, tive uma dor bem forte na parte inferior esquerda da barriga  durante a noite. Foi uma dor tão aguda que acordei com a sensação de não estar a conseguir respirar o.o! Durou uns minutos e depois passou. Achei melhor passar pelas urgências só para tirar a paranóia da cabeça e, felizmente, está tudo bem connosco. Só preciso de descansar um pouco.

Sim, já comecei a comprar algumas coisas mas em vez de falar disso nesse post, provavelmente, farei um post só dedicado a isso, que acham?

 

Um beijinho**

 

A*

Silver Bullet – Make Up Look

Silver Bullet – Make Up Look

Há já algum tempo que não me maquilhava assim “mais a sério” para sair.

A vontade de sair tem sido pouca e a ideia de passar algum tempo a fazer uma full face fazia com que a vontade fosse menor ainda.

Mas, dias melhores chegaram e, com o acréscimo de energia que tenho sentido, sábado à noite é sempre uma óooootima desculpa para voltar a mim mesma.

Não que eu preciso de uma grande saída ou pretexto para maquilhar-me porque, basicamente, se me apetecer ir ao pão como se estivesse a ir para uma festa, vou. E vice-versa.

Testando a terceira e última paleta da MUA que comprei, a Starry Night Palette, decidi tomar partido dos tons cinza – que sempre adorei – para os olhos, acompanhando-os de um eyeliner bem forte.

 

silverb

Não posso deixar de mencionar o batom LINDO E MARAVILHOSO sobre o qual pouco sabia, visto que foi a minha mãe que mo deu e, apesar de ser novo, não vinha com a embalagem original.

A marca chama-se ArtDeco e nunca tinha ouvido falar da mesma.

Fiz então uma breve pesquisa e trata-se de uma marca Alemã que vende maquilhagem e outro tipo de cosméticos desde vernizes, a tratamentos de corpo/mãos/pés.

Este é o único batom dentro dos nudes que gosto de ver em mim e, além disso, tem um acabamento mate e dura bastante. Estou rendida <3!

silverb2

 

Espero que tenham gostado!

A*

Unboxing – Dresslink

Unboxing – Dresslink

Para quem se lembra, fiz um post aqui no blog a falar da Dresslink  e dos produtos que encomendei desta loja online.

 

JÁ CHEGARAAAAAMMMM!

IMG_20160331_195857

Então, os artigos chegaram dia 16 de Março, aproximadamente 15 dias depois de ter feito o pedido no site. Chegou dentro do tempo estimado para os envios para Espanha, pelo que, nesse aspeto, a nota é 10*!

Começando pelos sapatos…

IMG_20160331_200052

Estes creepers são leves e super confortáveis, como já tinha dito anteriormente, e têm uma espécie de pêlo por dentro. Uma aposta para o próximo Inverno, visto que o tempo mais quente está a aproximar-se. Um must-have para mim, porque sapatos como estes são, basicamente, os meus ténis. No sentido em que ando todos os dias com eles :p.

E agora tenho de falar da agradável surpresa que foi esta mochila

 

Além de ser linda parece-me ser de boa qualidade, resistente e muito espaçosa.

O tecido é super fofo, ao contrário do tecido áspero típicos das mochilas. Confesso que isso é uma das coisas que me faz gostar muito desta mochila até porque, em termos visuais, prefiro que seja assim do que a mochila “normal”.

Apesar de só usar malas de ombro no dia-a-dia e ter deixado as mochilas no 7º ano (tinha a mania que era senhora e mochila era para meninas) apetece-me imenso transferir toda a tralha que tenho na minha mala para a mochila e começar a usá-la diariamente.

 

Deixo-vos o link de cada um dos produtos caso queiram adquirir algum deles e aproveitem para espreitar o resto da loja que vale a pena ^_^

Sapatos aqui!

Mochila aqui!

 

Até ao próximo post!

 

A*